Estrangeiros devem evitar Paquistão

Os Ministérios de Assuntos Exteriores da Grã-Bretanha, Espanha e Suíça recomendaram ontem que seus cidadãos evitem viajar para o Paquistão, por causa da crescente tensão no país após a morte da ex-premiê Benazir Bhutto. É recomendável que os cidadãos desses países se mantenham longe das ruas e aglomerações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.