Utah Department of Public Safety via AP
Utah Department of Public Safety via AP

Estranho monolito encontrado no deserto de Utah intriga autoridades

Objeto de metal tem três lados, 3 a 4 metros de altura e está plantado firmemente no solo

Redação, O Estado de S.Paulo

25 de novembro de 2020 | 08h00

Na base de um desfiladeiro árido em Red Rock Country, em Utah, uma equipe que contava carneiros selvagens por helicóptero avistou algo estranho e pousou para dar uma olhada mais de perto.

Não era uma ovelha.

Era um monolito de metal de três lados, com cerca de 3 a 4 metros de altura, plantado firmemente no solo sem nenhum sinal claro de onde vinha ou por que estava ali. O Departamento de Segurança Pública de Utah, revelando sua existência para o restante do mundo na segunda-feira, 23, disse que a equipe encontrou o "objeto incomum" na semana passada no sudeste de Utah, durante uma pesquisa com a agência estadual de vida selvagem.

“Durante esta missão, eles avistaram um objeto incomum e pousaram nas proximidades para investigar mais”, disse o departamento em um comunicado. "A tripulação disse que não havia indicação óbvia de quem poderia ter colocado o monolito lá."

O objeto foi encontrado em uma área remota que Aaron Bott, porta-voz da Divisão de Recursos da Vida Selvagem de Utah, descreveu como acidentada e muito rochosa, com muitos canyons e perigos potenciais. “É um lugar difícil para chegar a pé ou em veículo”, disse ele.

O piloto do helicóptero, Bret Hutchings, disse à estação de notícias local KSL TV que, conforme a tripulação se aproximava, brincava dizendo que "se um de nós desaparecer de repente, acho que o restante fugirá".

Mas Hutchings disse que provavelmente era uma instalação de arte. “Presumo que seja, você sabe, algum artista new wave ou algo assim, ou alguém que era apenas um grande fã de 2001: Uma Odisseia no Espaço”, disse ele, referindo-se ao filme de Stanley Kubrick no qual um monolito preto fosco é descoberto por primatas.

“Tenho de admitir, essa foi a coisa mais estranha que já vi em todos esses anos de voo”, acrescentou.

Enquanto os funcionários de Utah compartilhavam as fotos da descoberta, muitos outros observadores notaram a semelhança, especialmente em uma foto que mostra um membro da tripulação que subiu nos ombros de outro para olhar o topo do monolito.

No Facebook, a patrulha rodoviária de Utah compartilhou fotos de ovelhas e do objeto, perguntando ao público o que pensava. “Durante a contagem, eles encontraram esta (folha de metal?), enterrada no meio do nada...o que você acha que é?” dizia a legenda, adicionando emojis de um alienígena e uma pessoa encolhendo os ombros.

Os entrevistados deram sugestões: um "defletor de ressonância", "uma monstruosidade", "algum metal de boa qualidade". Alguns teorizaram, vagamente, que era um farol de satélite. Outros brincaram que era um roteador wi-fi. Alguns disseram que era um objeto de filme que sobrou - Red Rock Country serviu de pano de fundo para os filmes Indiana Jones, Jornada nas Estrelas e Missão Impossível. Duas associações de cinema de Utah não responderam a perguntas sobre essa possibilidade.

Mas as autoridades estavam confiantes de que "é a instalação de arte de alguém, ou uma tentativa disso", disse o tenente Nick Street, porta-voz do Departamento de Segurança Pública. “Talvez eles tivessem algo diferente em mente.”

Ele disse que o monolito parecia ser feito de aço inoxidável, colocado junto “com rebites feitos pelo homem” e incrustado na rocha, embora a profundidade fosse um mistério.

“Alguém se deu ao trabalho de usar algum tipo de ferramenta de corte de concreto ou algo para realmente cavar, quase na forma exata do objeto, e embuti-lo muito bem”, disse ele. "É estranho. Há estradas por perto, mas transportar os materiais para cortar a rocha e transportar o metal, que tem mais de 3,6 metros de altura em seções - fazer tudo isso naquele local remoto é definitivamente interessante.”

Street acrescentou que os funcionários não tinham ideia de há quanto tempo o monolito está lá, dizendo: "Pelo que sabemos, está instalado desde os anos 40 e 50".

As autoridades se recusaram a divulgar a localização exata do monolito, dizendo que tentativas de visitá-lo podem ser perigosas. “Se os indivíduos tentarem visitar a área, há uma possibilidade significativa de que eles possam ficar presos e precisar de resgate”, disse o Departamento de Segurança Pública.

Mas o departamento indicou que o monolito estava em terras administradas pelo governo federal - Utah tem milhões de hectares delas - dizendo: “É ilegal instalar estruturas ou arte sem autorização em terras públicas administradas pelo governo federal, não importa de que planeta você seja”.

Street disse que o escritório responsável pelo gerenciamento do local irá determinar se deve investigar mais ou remover o monolito, por exemplo, se for descoberto que afeta a vida selvagem. A agência não respondeu imediatamente aos pedidos de comentários.

Quanto à missão original da equipe? Foi um sucesso, disse Bott, o oficial de vida selvagem. “As ovelhas estão bem”, disse ele. “É uma população robusta.”/NYT 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.