Estudante de 13 anos atira com rifle AK-47 em escola nos EUA

Um estudante de 13 anos atirou com um rifle AK-47 em direção ao teto no meio de sua escola, na manhã desta segunda-feira após confrontar um grupo de estudantes e orientadores, dizendo a eles "por favor, não me façam fazer isso".Ninguém ficou ferido, e o garoto foi levado sob custódia.O estudante usava uma máscara e apontou para dois estudantes, para o diretor Steve Gilbreth e para o superintendente assistente Steve Doerr, dizendo a eles "não me façam fazer isso", disse o superintendente Jim Simpson.Então ele atirou na direção do teto, estourando um cano de água, e disse novamente, "por favor, não me façam fazer isso", disse Simpson.Doerr e Gilbreth conseguiram persuadir o garoto a deixar o edifício. Ao sair ele se deparou com dois policiais. O estudante soltou o rifle e então foi levado em custódia, disse Simpson.O policial de Joplin Curt Farmer disse que policiais encontraram um bilhete na mochila do estudante no qual ele afirma ter colocado uma bomba na escola, que tem 750 estudantes. Os estudantes da escola foram removidos para um local próximo.A escola foi fechada e a polícia revistou o local com cães farejadores.O estudante esteve planejando o ataque há "muito tempo", disse Simpson, sem detalhar. Ele disse que as autoridades não sabem se há outros envolvidos.Ainda não está claro como o garoto conseguiu o rifle de assalto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.