Estudantes chineses morrem em tiroteio nos EUA

Dois estudantes chineses foram motos nesta quarta-feira num tiroteio que pode ter sido uma tentativa de roubo de carro em Los Angeles, informou a polícia. O casal, que tinha pouco mais de 20 anos e estudava na Universidade do Sul da Califórnia, foi atingido durante a noite, no interior de um BMW no centro de Los Angeles.

AE, Agência Estado

11 de abril de 2012 | 16h41

As vítimas sofreram vários ferimentos, disse o porta-voz da polícia de Los Angeles, Carlton Brown. A mulher foi encontrada caída no banco do passageiro e o homem na entrada de uma casa próxima, onde foi buscar socorro.

Segundo Brown, a razão dos disparos ainda é desconhecida. O atirador fugiu e ninguém foi detido, informou o comandante da polícia Andrew Smith.

A polícia apreendeu a BMW, avaliada em US$ 600 mil, para exames e verificava a existência de câmeras de vigilância na área. Os nomes das vítimas não foram revelados, já que os parentes devem ser informados antes da divulgação. O nome do dono do carro também não foi divulgado. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAmortechinesesestudantes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.