Estudantes encerram greve de fome de 23 dias

Estudantes universitários anti-Chávez que estavam em greve de fome havia 23 dias na Venezuela fizeram um acordo com o governo e encerraram o protesto ontem. Segundo organizações estudantis de oposição, até ontem 83 estudantes participavam do protesto em 8 Estados do país. Julio César Rivas, um dos estudantes que estava acampados em frente da sede da Organização dos Estados Americanos, em Caracas, disse que o governo se comprometeu a atender os pedidos e rever o caso de três supostos presos políticos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.