Estudantes pedem renúncia do presidente no Iêmen

Cerca de 3 mil estudantes estão protestando na Universidade de Sanaa, na capital do Iêmen, pedindo a renúncia do presidente do país, Ali Saleh, que governa o país da Península Arábica há 32 anos e é um dos principais aliados dos EUA na guerra contra a Al-Qaeda.

AE, Agência Estado

20 de fevereiro de 2011 | 10h11

Os estudantes, em passeata, carregavam placas com os dizeres "saia Ali, pelo bem das próximas gerações". A polícia acompanhava o protesto sem intervir. As manifestações contra o governo iemenita já duram 11 dias.

No sábado, a polícia atirou contra manifestantes, matando uma pessoa e ferindo outras cinco. Desde o início dos protestos no país, sete pessoas foram mortas. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Iêmenprotestoestudantes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.