Estudantes protestam em Londres contra aumento do custo da educação

Capital britânica é tomada pelas manifestações; polícia tenta intervir

Reuters

24 de novembro de 2010 | 12h23

Violência. Manifestantes tomam van da polícia em Londres.

 

LONDRES - Estudantes tomaram as ruas de Londres nesta quarta-feira, 24, para protestar contra o aumento nas mensalidades das universidades britânicas planejado pelo governo do primeiro-ministro David Cameron. A polícia, que havia se preparado para os protestos, tentou intervir. Os manifestantes atiraram placas contra os oficiais e subiram em uma van das forças de segurança.

 

Há duas semanas, os estudantes e simpatizantes da causa depredaram a sede do Partido Conservador, do premiê Cameron, durante o primeiro grande protesto ligado ao corte de 81 bilhões de libras anunciado pelo governo.

 

Na ocasião, a polícia prendeu quase 70 pessoas por atentar contra a ordem pública. Janelas foram quebradas e objetos foram atirados contra os policiais. Nesta quarta, um jovem admitiu ter jogado um extintor de incêndio do topo de um prédio contra os oficiais.

 

Nesta quarta, manifestações foram realizadas em universidades e escolas de 1º e 2º grau. Os estudantes protestam contra o aumento do valor para até 9 mil libras (cerca de US$ 14.500) por ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.