Estudo aponta argentina como país mais caro da AL

A Argentina é o país mais caro da América Latina para fazer negócios. Esta foi a conclusão de um levantamento feito pela consultoria inglesa The Economist Intelligence Unit, divulgado hoje. De acordo com o estudo, Japão é o país mais caro do mundo, seguido pelos Estados Unidos e Alemanha, devido aos seus altos custos trabalhistas. A Grã Bretanha ficou em quarto lugar, seguida de Bélgica, Suécia, França e Holanda. O Canadá ficou em nono, seguido pela Itália. Estes últimos foram caracterizados por seus altos impostos corporativos. A Argentina ganhou o décimo terceiro lugar. O Brasil e o México, as maiores economias da região, ficaram com o vigésimo e o vigésimo primeiro lugar, respectivamente. As informações são da agência Notícias Argentinas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.