Estudo aponta risco de enfarte em reposição hormonal

Mulheres que fazem reposição hormonal depois da menopausa praticamente dobram o risco de sofrer ataque cardíaco durante o primeiro ano de tratamento, revelou um estudo da Women´s Health Initiative que será publicado no New England Journal of Medicine. Os resultados da nova pesquisa contrastam com um estudo anterior que indicava um risco de 30%, e com a opinião de especialistas, de que tratamentos de reposição hormonal reduziam o perigo de enfarte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.