Estupradores são acusados de assassinato

Os seis homens presos na Índia por terem estuprado e agredido violentamente em um ônibus uma estudante de 23 anos, que morreu na sexta-feira vítima dos ferimentos, foram formalmente acusados de assassinato pela polícia, segundo anúncio feito ontem. Centenas de indianos foram às ruas da capital, Nova Délhi, para protestar contra a violência sexual no país. A polícia indiana reforçou a segurança no centro da capital.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.