Estupro é usado como arma no Congo

Levantamento indica que 24% dos homens foram vítimas de abusos; um deles contou à BBC sua história.

BBC Brasil, BBC

26 de novembro de 2010 | 12h03

A violência sexual tem sido usada como uma arma na República Democrática do Congo, um país em crise após anos de guerra.

Um recente levantamento revelou que 24% dos homens e 39% das mulheres foram vítimas de estupro no país africano. Muitos casos nunca chegam a ser registrados.

Para os homens, a vergonha muitas vezes é o motivo que os leva a não revelarem que foram vítimas de abusos.

Neste vídeo, um homem que foi estuprado por soldados conta a sua históriaBBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.