ETA anuncia cessar-fogo permanente a partir de sexta-feira

A organização terrorista ETA anunciou nesta quarta-feira um cessar-fogo permanente, através de um comunicado enviado à rádio televisão pública basca, informou a Rádio País Basco. O ETA explica que o objetivo desta decisão, que entrará em vigor na próxima sexta-feira, é "impulsionar um processo democrático em Euskal Herria (País Basco), para construir um novo marco no qual sejam reconhecidos os direitos" do povo basco. A organização terrorista pretende com este cessar-fogo assegurar, "diante do futuro, a possibilidade de desenvolvimento de todas as opções políticas", e quando terminar o processo "os cidadãos bascos devem ter a palavra e a decisão sobre seu futuro". Em seu comunicado, o ETA solicita que as autoridades da Espanha e da França "respondam de maneira positiva a esta nova situação, deixando de lado a repressão". Em 10 de fevereiro, o presidente espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, afirmou que este é um momento propício para o fim do ETA, que não comete atentados fatais há quase três anos. Caso o cessar-fogo se concretize, Zapatero assegurou que seu governo "tomará seu tempo" para dar algum passo, e manterá o compromisso anunciado no último debate sobre o Estado da Nação, de ir ao Parlamento para informar e solicitar apoio.

Agencia Estado,

22 Março 2006 | 10h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.