ETA assume autoria de atentado em Madri

Em uma ação reivindicada pela organização separatista basca ETA, um furgão carregado de explosivos foi detonado ontem perto do centro de exposições no leste de Madri. Ninguém ficou ferido na explosão. Pouco antes do atentado, a Cruz Vermelha recebeu um telefonema anônimo de um homem que dizia representar o grupo basco alertando sobre o carro-bomba. Se confirmado, esse será o primeiro atentado cometido pela ETA na capital espanhola em três anos.

, O Estadao de S.Paulo

10 de fevereiro de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.