ETA promove mais um atentado na Espanha

Um policial morreu e outro ficou ferido na madrugada desta sexta-feira após a explosão de um carro-bomba em Hermani, norte da Espanha, segundo informações da polícia basca. O movimento separatista ETA (Pátria Basca e Liberdade) está sendo responsabilizado pelo atentado. De acordo com as primeiras informações, a explosão aconteceu quando os policiais examinavam o carro, que estava estacionado em uma praça da cidade de Hermani. Os agentes feridos foram conduzidos para um hospital em San Sebastian, onde o policial IInaki Totorika Vega, de 25 anos, morreu minutos depois.Segundo a polícia, o carro utilizado no atentado foi roubado ontem por dois homens, que se identificaram como integrantes do ETA. O motorista do veículo roubado foi encontrado amordaçado em uma estrada da cidade. Desde o final da trégua com o governo, o ETA foi responsável pelo assassinato de pelo menos 27 pessoas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.