´Eu tomo as decisões´, diz Bush em relação ao Iraque

Em colisão com a opinião da maioria democrata no Congresso americano sobre o Iraque, o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, disse nesta sexta-feira que é ele que toma as decisões finais sobre a estratégia militar do país.Bush condenou ainda as críticas prematuras sobre o seu novo plano estratégico para o Iraque."Eu escolhi o plano e creio que há muitas chances de ele obter sucesso", disse Bush em um encontro no Salão Oval com conselheiros militares.O presidente criticou duramente os democratas e republicanos que estão se opondo ao envio de 21.500 tropas ao Iraque. Ele os desafiou a dar novas idéias. "Alguns condenam plano sem dar uma chance para que ele funcione", disse o presidente.Bush disse que os legisladores concordam que uma falha no Iraque seria desastrosa e que a escolha certa da estratégia que ele e seus conselheiros pensaram podem virar o jogo no Iraque.O presidente se encontrou com o general David Petraeus, recém confirmado como comandante das tropas americanas no Iraque "Minha instrução a ele é que saiba que estamos em uma guerra contra o terror e que precisamos alcançar nossos objetivos."Bush disse que pretende diminuir a violência na região, mas não garante que isso possa acontecer. "Nossa política é proteger nossas tropas. É isso que faz sentido."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.