EUA aceitariam nova resolução se Iraque se desarmasse

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, disse nesta sexta-feira que os EUA aceitariam uma nova resolução da ONU. Mas impôs condições: o novo documento somente seria aceito se constituir uma forte indicação para o líder iraquiano, Saddam Hussein, se desarmar e que não estenda a crise por meses.Em uma entrevista coletiva na Casa Branca, ao lado do primeiro-ministro britânico, Tony Blair, Bush repetiu hoje que as possibilidades de se resolver o impasse com o Iraque através da ONU se medem em "semanas, não em meses".Segundo Blair, o conflito com o Iraque é "uma desafio para a comunidade internacional". Bush complementou que Saddam é uma ameaça a paz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.