EUA acusam a China de enviar armas para Cuba

A China está suprindo Cuba com equipamentos militares, garantiu hoje o subsecretário de Estado para Assuntos do Leste Asiático dos Estados Unidos, James Kelly, em depoimento a um subcomitê da Câmara dos Representantes. "Estamos muito preocupados com essa cooperação do ELP (Exército de Libertação do Povo) e a entrega de equipamento militar para Cuba", disse Kelly.Ele não deu detalhes e afirmou que precisava de mais informação antes de fazer novos comentários. A questão foi levantada em vista de um artigo publicado pelo Washington Times, afirmando que três carregamentos de armas foram enviados de navio da China para o porto cubano de Mariel nos últimos meses.Todas as armas pertenciam à estatal China Ocean Shipping, segundo o artigo, citando oficiais de inteligência dos EUA. O jornal informou que um "conhecido negociante de armas chinês" arranjou a entrega. Perguntado por deputados se a administração Bush iria "rebaixar-se" frente à ação chinesa, Kelley respondeu que não.Cuba e China vêm estreitando relações ultimamente, como mostrou a visita a Havana do presidente chinês, Jiang Zemin, em abril. Na época, oficiais chineses disseram que as relações entre os dois países nunca tinham sido melhores. China e Cuba não eram próximas durante a Guerra Fria. Em dezembro último, os dois países assinaram um acordo para aumentar a cooperação militar, mas nenhum detalhe foi divulgado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.