EUA acusam Iraque de copiar fardas de seus soldados

O diretor de comunicação estratégica do Comando Central dos EUA, Jim Wilkinson, afirmou que o Iraque pretende vestir forças paramilitares com fardas idênticas às usadas pelas tropas norte-americana e britânica em uma estratégia para culpar os EUA e o Reino Unido de atrocidades de guerra que seriam cometidas contra a própria população iraquiana. Segundo a tese de Wilkinson, esboçada em um comunicado por escrito, o presidente do Iraque, Saddam Hussein, encomendou uniformes militares idênticos nos mínimos detalhes aos das forças dos EUA e do Reino Unido. Segundo a CNN, fontes militares norte-americanas explicaram que a Fedayeen Saddam, ou os "Homens de sacrifício de Saddam", é uma força paramilitar de mais de 15 mil homens fundada em 1995.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.