EUA acusam vice-ministro iraquiano preso de corrupção

As tropas americanas no Iraque confirmaram nesta quinta-feira a detenção do vice-ministro de Saúde, Hakim al Azamili, que acusam de corrupção e de vinculação com uma milícia xiita, a qual supostamente financiou com "milhões de dólares".Segundo comunicado militar americano tornado público horas depois da detenção por soldados americanos, Azamili "está envolvido na morte de vários funcionários do ministério, incluindo o diretor-geral de Saúde na província de Diyala".Além disso, é acusado de "intimidar e ameaçar" todos os homens sob seu comando que discordavam de suas políticas.Mas as acusações não terminam aí, pois o comunicado também acusa o vice-ministro de "orquestrar vários casos de subornos em contratos inflacionados para equipar o ministério".Com os fundos obtidos com esses subornos, o vice-ministro financiou com "milhões de dólares" as milícias xiitas do Exército Mehdi, uma das mais ativas e violentas do Iraque, obedientes ao clérigo xiita Muqtada al-Sadr.Ainda segundo o comunicado, o detido introduziu "a dedo" no ministério, numerosos membros dessa mesma milícia sem nenhum controle.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.