EUA adiam decisão sobre empréstimo a Israel

Os Estados Unidos recusaram-se a decidir sobre um pedido de US$ 8 bilhões em garantias de empréstimo e outros US$ 4 bilhões em ajuda especial feito pelo governo de Israel. O pedido tem como base os custos do conflito com os palestinos e os preparativos para um possível ataque contra o Iraque. Uma delegação israelense reuniu-se ontem com membros do Conselho de Segurança Nacional dos EUA. Hoje, Amos Yaron, diretor-geral do Ministério da Defesa de Israel, conversou com o subsecretário de Estado norte-americano Richard Armitage. As conversações terminaram sem que os Estados Unidos tomassem uma decisão. Porém, o governo norte-americano garantiu aos israelenses que o pedido será analisado, disseram fontes ligadas ao encontro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.