EUA advertem Rússia sobre intervenção na Geórgia

A Casa Branca advertiu a Rússia sobre sua intervenção na Geórgia e exigiu que pare seus ataques para não colocar em "risco significativo" sua relação de longo prazo com os Estados Unidos. Neste domingo, a Rússia ampliou seu bombardeio na Geórgia, um aliado norte-americano. Jim Jeffrey, sub assessor de segurança nacional do presidente George W. Bush, disse que os Estados Unidos deixaram claro que, se a escalada perigosa e desproporcional do lado russo continuar, causará um impacto expressivo nas relações com os norte-americanos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.