EUA afirmam respeitar resultado de eleição no Irã

A Casa Branca parabenizou os iranianos pela eleição presidencial, mas disse que o governo de Teerã criou um ambiente intimidatório que limitou a liberdade de expressão. O candidato moderado Hasan Rowhani foi declarado vencedor neste sábado, 15.

AE, Agência Estado

15 de junho de 2013 | 17h33

O porta-voz da Casa Braca, Jay Carney, disse que os EUA respeitam os resultados e parabenizam os iranianos por fazer suas vozes serem ouvidas. No entanto, ele afirmou que a censura e a falta de transparência precederam a votação. Carney disse que os EUA ainda buscam uma solução diplomática em relação ao programa nuclear do Irã.

Neste sábado, o candidato moderado Hasan Rowhani venceu as eleições presidenciais do Irã, informou ministro do Interior, Mostafa Mohammad Najjar. Em comunicado à imprensa, o ministro disse que Rowhani obteve mais de 50% dos mais de 36 milhões de votos na eleição que aconteceu na sexta-feira. Os oponentes mais conservadores estavam muito atrás de Rowhani, que prometeu seguir uma política de interação com o resto do mundo. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
IrãeleiçãoEUAHasan Rowhani

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.