EUA agradecem Musharraf por luta contra terror

Casa Branca reafirma aliança de segurança com Islamabad

REUTERS E AP, O Estadao de S.Paulo

19 de agosto de 2008 | 00h00

O presidente americano, George W. Bush, agradeceu ontem os esforços do ex-presidente paquistanês Pervez Musharraf no combate à Al-Qaeda e grupos extremistas. "O presidente Bush está comprometido com um Paquistão forte que continue os esforços para fortalecer a democracia e combater o terrorismo", disse Gordon Johndroe, porta-voz da Casa Branca. Ele acrescentou que os EUA querem trabalhar com o governo do Paquistão nas áreas de economia, política e nos desafios de segurança que o país enfrenta.A secretária de Estado, Condoleezza Rice, manifestou sua "profunda gratidão" a Musharraf por sua ajuda na luta contra os extremistas, mas, diferentemente da Casa Branca, ela não manifestou seu apoio ao governo civil que forçou a saída do presidente paquistanês.O candidato republicano à presidência dos EUA, John McCain, disse ontem que a renúncia de Musharraf era um passo para um Paquistão politicamente mais estável. "A situação nas regiões fronteiriças do Paquistão requer imediata e contínua atenção", declarou McCain. Já o candidato democrata, Barack Obama, disse que Musharraf tomou a decisão certa. "Espero que os paquistaneses aproveitem a oportunidade para centrar-se nas questões urgentes: confrontar a violência extremista, lidar com a escassez de alimentos e energia, e ajudar a construir um futuro estável e democrático."Os taleban paquistaneses comemoraram a renúncia de Musharraf e pediram ao governo que retome as negociações de paz.A Índia disse que continuará mantendo um relacionamento amigável com o Paquistão. Os dois países mantêm negociações de paz, mas a Índia teme que um governo civil fraco não tenha controle do Exército e da agência de inteligência.Grã-Bretanha, França e Alemanha disseram esperar que as forças políticas fortaleçam a democracia no Paquistão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.