EUA ajudam sobreviventes do Holocausto, diz Biden

A administração de Barack Obama está trabalhando para ajudar os sobreviventes do Holocausto que vivem nos Estados Unidos. Muitos deles vivem na pobreza, recebem assistência e usam meios diplomáticos para recuperar bens confiscados durante a era nazista.

AE, Agência Estado

11 de dezembro de 2013 | 21h49

O vice-presidente norte-americano, Joe Biden, anunciou o esforço esta semana em um discurso no Comitê de Distribuição da União Judaico-Americana. De acordo com o governo dos Estados Unidos, 100 mil sobreviventes do Holocausto vivem no país, sendo que 25% deles vivem abaixo do nível da pobreza.

Biden disse que o governo vai trabalhar para ajudar a solucionar as reivindicações de propriedade e que prestará a ajuda necessária aos grupos sem fins lucrativos que estão contribuindo com os sobreviventes. Fonte: Associated Press

Tudo o que sabemos sobre:
euabidenholocausto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.