EUA ajustarão táticas após queda de helicópteros

As autoridades norte-americanas estão ajustando suas táticas no Iraque após quatro helicópteros serem atingidos nas duas últimas semanas, disse o porta-voz dos Estados Unidos, major-general William Caldwell neste Domingo.Ele admitiu que os quatro helicópteros foram abatidos por fogo inimigo. É a primeira vez que o comando americano reconheceu publicamente a possibilidade de que as aeronaves tenham sido abatidas.Caldwell informou ainda que os helicópteros foram atingidos em quatro incidentes separados, matando 21 homens das forças armadas norte-americanas além de dois prestadores de serviços privados. Quatro anos de conflitoDezenas de helicópteros dos Estados Unidos caíram, alguns deles atingidos por mísseis ou fogo de artilharia, em quatro anos de conflito. Mas o incomum elevado número de helicópteros perdidos em pouco tempo tem aquecido o questionamento sobre o momento adequado para militares mudaram as táticas. "Há um esforço em alvejar nossos helicópteros", disse Cardwell a repórteres em Bagdá. "Nós temos mais quatro helicópteros perdidos". Ele disse que os incidentes ainda estão sob investigação, mas os helicópteros norte-americanos, no entanto, estão mudando a maneira de vôo no suporte a tropas dos Estados Unidos."Baseado no que eu vejo, nós estamos prontos para ajustar nossas táticas e procedimentos em como preparar nossos helicópteros", afirmou Caldwell. Os Estados Unidos dependem dos helicópteros para transportar suas tropas e lançar ataques aéreos contra militantes suspeitos, escondidos em prédios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.