EUA alegam ter matado taleban que abateram helicóptero

Os insurgentes do Taleban que derrubaram um helicóptero dos Estados Unidos no Afeganistão, matando 30 soldados americanos que estavam a bordo em missão de combate, foram caçados e mortos por um ataque aéreo, disse um comandante dos EUA nesta quarta-feira. O general John Allen, novo chefe das forças lideradas pelos EUA no Afeganistão, disse no Pentágono que "aproximadamente à meia-noite de 8 de agosto, forças da coalizão mataram os insurgentes do Taleban responsáveis por esse ataque". Os insurgentes foram mortos pelo bombardeio de um caça F-16, informou à agência France Press.

AE, Agência Estado

10 de agosto de 2011 | 16h12

Na sexta-feira passada, o Taleban derrubou um helicóptero militar Chinook dos EUA no remoto vale de Tangi, na província afegã de Wardak. Dos 30 americanos mortos, 25 eram de forças especiais das Formas Armadas, incluídos comandos dos fuzileiros navais e da Força Aérea.

Allen disse que os comandos caçavam um comandante do Taleban no vale de Tangi. Ele não foi morto, disse o general americano.

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAAfeganistãohelicópteroTaleban

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.