EUA alerta sobre lançamento de mísseis pela Coréia do Norte

Os Estados Unidos alertaram nesta sexta-feira que se for confirmada a intenção da Coréia do Norte de lançar um míssil de longo alcance, seria criado um "foco real de preocupação na comunidade internacional em torno do regime comunista". O lançamento de um míssil deste tipo não só suporia o não cumprimento dos compromissos adquiridos pela Coréia, como colocaria em evidência as intenções equivocadas deste país, afirmou o porta-voz do Departamento de Defesa, Sean McCormack. Uma iniciativa assim, insistiu, diria muito sobre as reais intenções do governo de Pyongyang.O porta-voz fez estas declarações em resposta a várias perguntas sobre informações difundidas em algumas meios de comunicação, segundo os quais teria sido constatado uma base de testes de mísseis no nordeste da Coréia no Norte. "Não posso confirmar ou desmentir essas notícias, mas o lançamento seria um foco real de preocupação", acrescentou o porta-voz.As informações sobre os preparativos da Coréia vem à tona em meio a crescente tensão entre este país e os Estados Unidos, diante do boicote americano à Pyongyang e estagnação das negociações multinacionais sobre o programa nuclear coreano desde novembro do ano passado.Em agosto de 1998, a Coréia do Norte lançou um míssil Taepodong que caiu no Pacífico ao leste do Japão. Ainda que o regime de Pyongyang alegue que o objetivo do míssil era colocar um satélite em órbita, imediatamente começou a negociar com os EUA um acordo que em 1999 estabelecia o congelamento de testes de mísseis balísticos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.