EUA alertam sobre possíveis transações de Yanukovich

A Rede de Combate a Crimes Financeiros do Departamento do Tesouro dos EUA recomendou aos bancos que fortaleçam os mecanismos de monitoramento sobre as transações financeiras do ex-presidente da Ucrânia, Viktor Yanukovich. A recomendação também é válida para seus antigos funcionários.

AE, Agência Estado

26 Fevereiro 2014 | 03h48

O alerta foi feito para flagrar movimentações de ativos indevidamente apropriados do estado ucraniano, assim como recursos de subornos ou de outras formas de pagamento ilegais.

Esse aviso não constitui uma acusação direta dos EUA, mas economistas ocidentais têm acusado Yanukovich e seu governo de pilharem os cofres públicos e de construírem esconderijos secretos do dinheiro do contribuinte durante os anos no poder. Esses recursos seriam enviados para o exterior, segundo os economistas.

"É possível que, dada a situação na Ucrânia, funcionários seniores da administração de Yanukovich tentem mover seus ativos", disse um porta-voz do Departamento do Tesouro.

Ao ligar Yanukovich a possível roubo de ativos, a nota do Tesouro dos EUA essencialmente requer que os bancos reportem a Washington qualquer transação feita por ele. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
Euayanukovich

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.