EUA ameaçam pacifistas com uso de força letal

As forças de segurança da base da Força Aérea norte-americana de Vandenberg, Califórnia,têm autorização para usar "força letal" se manifestantes antiguerra invadirem o complexo militar.Funcionários da base avisaram que a polícia militar encarregada da segurança sempre teve permissão de atirar para matar, se necessário, a fim de proteger os residentes e equipamentos da base.Ativistas anunciaram planos de invadir a base e atacar equipamentos sensíveis, que, para eles, ajudam no esforço de guerra."Isto não é mais brincadeira", disse a major Stacee Bako, porta-voz da base.Um dos organizadores da planejada invasão, Peter Lumsdaine, da Coalizão de Ação de Vandenberg, disse não se intimidar com asadvertências.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.