EUA ameaçam suspender ajuda de US$ 100 milhões à Faixa de Gaza

O Departamento de Estado americano fez uma ameaça ontem aos líderes do Hamas em Gaza: se a organização que controla o território não interromper as auditorias a que tem submetido as entidades que recebem ajuda dos EUA, Washington suspenderá o financiamento de US$ 100 milhões que é fundamental para a saúde, a agricultura e o saneamento na região. Esta semana, o Hamas fechou a unidade local da International Medical Corps, que rejeitou passar pela auditoria do movimento islâmico. "Essas auditorias são injustificadas e contribuem para um aumento no assédio contra equipes de ajuda humanitária", afirmou um alto funcionário dos EUA, que não se identificou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.