MANDEL NGAN / AFP
MANDEL NGAN / AFP

'EUA', 'americanos', 'povo': as palavras mais usadas por Trump no discurso do Estado da União

Veja como o presidente americano conduziu o pronunciamento da noite de terça-feira

Redação, O Estado de S.Paulo

05 de fevereiro de 2020 | 18h19

WASHINGTON - O discurso sobre o Estado da União proferido pelo presidente Donald Trump na terça-feira 4 foi uma versão mais contida de um dos seus estridentes comícios de campanha. Trump se vangloriou que seus feitos nunca foram vistos antes, exaltou políticas polêmicas - o que chegou a provocar vaias em alguns momentos - e acrescentou aqueles floreios de reality-shows ao seu discurso proferido no salão da Câmara.

Ele provocou os Democratas, começando a noite com um aparente desdém pela presidente da Câmara, Nancy Pelosi, e ofereceu um relatório presunçoso dos últimos três anos do seu governo que facilmente deve servir como promessas de campanha que pretende cumprir no próximo mandato. 

As palavras mais usadas pelo presidente americano em seu discurso foram "americanos", "Estados Unidos", "povo", "país". Veja abaixo: Made with WordClouds.com

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.