EUA analisam dados telefônicos da Verizon, diz jornal

O jornal britânico The Guardian afirmou que a agência de segurança nacional dos EUA (NSA, na sigla em inglês) está coletando registros telefônicos de milhões de clientes norte-americanos da Verizon sob uma ordem judicial confidencial.

AE, Agência Estado

06 Junho 2013 | 02h05

O jornal disse nesta quarta-feira que a ordem judicial foi emitida em abril e deve se manter em vigor até 19 de julho. Segundo a publicação, a ordem exige que a Verizon conceda informações em uma base "constante e diária" para a agência sobre todas as chamadas telefônicas em seus sistemas, tanto dentro dos EUA quanto entre os EUA e outros países.

O jornal afirmou que o documento mostra pela primeira vez que, sob a administração do presidente Barack Obama, registros de comunicação de milhões de cidadãos norte-americanos estão sendo coletados de forma indiscriminada e em massa, independentemente de serem ou não suspeitos de qualquer irregularidade.

A Casa Branca e a agência não quiseram comentar. A agência de notícias Associated Press não conseguiu garantir a autenticidade dos documentos confidenciais. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
EUAverizonregistros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.