EUA anunciam fim do escritório de desinformação

O Pentágono vai fechar um novo escritório acusado de ter proposto divulgar informações falsas no exterior, afirmou nesta terça-feira o secretário de Defesa dos Estados Unidos, Donald H. Rumsfeld. Rumsfeld negou que o Escritório de Influência Estratégica pudesse divulgar informações distorcidas, mas disse que as notícias e os comentários impossibilitaram a agência de fazer seu trabalho. "Mesmo que muitas críticas e comentários tenham sido feitos indiretamente", declarou Rumsfeld aos repórteres, "o escritório foi muito prejudicado, a ponto de não poder funcionar de maneira efetiva". O Departamento de Defesa criou o escritório depois dos ataques terroristas de 11 de setembro. Rumsfeld disse que ele teria a tarefa de ajudar a mostrar o ponto de vista dos EUA, a fim de fazer frente às opiniões de opositores como o Taleban e a rede terrorista al-Qaeda.Na semana passada, vieram à tona notícias de que o escritório havia sugerido fornecer informações falsas para jornalistas estrangeiros, como uma maneira de incentivar a guerra dos EUA contra o terrorismo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.