EUA apoiam ações diplomáticas russas na Síria, diz Kerry

Em encontro com o representante da Liga Árabe na Síria, Staffan di Mistura, Kerry disse que a iniciativa russa 'pode ser de ajuda'

O Estado de S. Paulo

14 de janeiro de 2015 | 14h53

Os Estados Unidos apoiam os esforços da Rússia em encontrar uma solução política para o conflito na Síria, afirmou hoje o secretário de Estado americano, John Kerry. Em encontro com o representante da Liga Árabe na Síria, Staffan di Mistura, Kerry disse que a iniciativa russa "pode ser de ajuda."

"Acredito que é hora de o regime Assad colocar os interesses de seu povo em primeiro lugar e pensar sobre as consequências de suas ações, que estão atraindo mais terroristas para a Síria", disse Kerry.

A Rússia tenta trazer membros do governo de Bashar Assad e líderes rebeldes para uma reunião Moscou. O encontro tentaria por termo à guerra civil que acontece na Síria, que causou inúmeras mortes e transformou três quartos da população em refugiados.

O secretário também desejou boa sorte ao enviado da Liga Árabe nos seus esforços de promover tréguas locais em cidades disputadas na Síria, a começar por Alepo.

"Eu vou continuar a trabalhar por Alepo porque a cidade se tornou um ícone de como a situação pode melhorar se pararmos com o conflito e deixar a ajuda humanitária chegar", afirmou Di Mistura. / AP

Tudo o que sabemos sobre:
EUARússiaSíria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.