EUA apóiam informe britânico sobre Iraque

A Casa Branca qualificou nesta terça-feira de "aterrador" o informe britânico sobre o Iraque e elogiou o primeiro-ministro Tony Blair por sua firme defesa da campanha contra Saddam Hussein encabeçada pelos EUA."A ´janela´ de 45 minutos que coloca o Iraque em condições de usar armas biológicas e químicas é mais uma preocupação que temos sobre o Iraque e suas intenções militaristas", disse o porta-voz da Casa Branca, Ari Fleischer.O informe de Blair diz que o Iraque tem planos militares para o uso de armas químicas e biológicas e que tentou adquirir "quantidades significativas" de urânio na África. "O relatório que apresentaram é aterrador", disse Fleischer.Segundo o documento, o Iraque planeja usar armas químicas e biológicas, até mesmo contra sua própria população xiita, e algumas dessas armas podem ser lançadas 45 minutos após ser dada a ordem de execução.Fleischer desconsiderou as insinuações de que Blair se concentra mais em desarmar Saddam enquanto o enfoque de Bush é derrubar o presidente iraquiano. "Não creio que haja alguma divergência entre nós", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.