EUA apreendem mais de 13 t de cocaína no mar

A Guarda Costeira e a Marinha dos Estados Unidos apreenderam 13.608 kg de cocaína em um navio na costa do Pacífico da América do Sul. A operação, de 17 de setembro, foi qualificada pelas autoridades americanas como a maior apreensão da droga na história da navegação. Em 17 de setembro, a fragata americana USS Curts interceptou o navio Lina Maria, de bandeira cambojana, a pouco menos de 500 quilômetros a oeste das Ilhas Galápagos. Uma equipe da Guarda Costeira americana subiu a bordo do Lina Maria e encontrou a droga, que estava escondida no lastro do navio. Dez pessoas foram detidas. Hoje, autoridades federais americanas indiciaram os suspeitos em Tampa, na Flórida. Uma segunda apreensão foi feita na última sexta-feira na mesma região. A fragata USS Crommelin interceptou um navio pesqueiro com 11.794 kg de cocaína escondidos sob peixes e gelo no compartimento de carga. Oito pessoas foram detidas. A tripulação dos dois barcos era colombiana.No ano passado, a Guarda Costeira americana apreendeu a quantidade recorde de 240.518 kg de cocaína. A droga é avaliada em US$ 7,7 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.