EUA apresentam possíveis sanções contra Pyongyang

Os Estados Unidos propuseram um pacote de sanções severas como retaliação ao teste nuclear anunciado pela Coréia do Norte na manhã desta segunda-feira. As medidas incluem um embargo nas exportações e importações de itens militares pelo regime norte-coreano, o poder para inspecionar todas as cargas que entram e saem do país, e o congelamento de seus ativos ligados ao programa de armas.Em uma reunião de emergência na manhã desta segunda-feira, os membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU condenaram Pyongyang e pediram que o país retorne às negociações multilaterais sobre seu programa nuclear. Estados Unidos, China, Coréia do Sul e Japão - além da própria Coréia do Norte - fazem parte do grupo criado para discutir a questão nuclear norte-coreana. Mas o regime comunista de Kim Jo Il rompeu com as negociações. A proposta americana está entre as várias idéias apresentadas para que o Conselho de Segurança adote uma resolução contra a Coréia do Norte. O documento, que foi repassado para todos os membros permanentes do conselho, foi obtido pela Associated PressO texto diz que os Estados Unidos querem que a resolução seja adotada sob o Capítulo 7 da Carta da ONU, voltado especialmente para ameaças internacionais à paz e à segurança, assim como atos de agressão. O Capítulo 7 dá autoridade ao conselho para impor uma gama de medidas que vão da quebra de laços diplomáticos e imposição de sanções econômicas e militares até a tomada de ação militar.Uma ação militar, no entanto, parece longe de ser adotada."Acreditamos que um ato tão altamente provocativo requer uma resolução forte e explícita sob o Capítulo 7, que proponha sanções contra o regime norte-coreano", afirma o documento.Entre as propostas americanas que serão consideradas pelo Conselho de Segurança estão:- Proibição do comércio de materiais que possam ser usados para fazer ou vender armas de destruição em massa;- Requerer garantias para que a Coréia do Norte não utilize seu território ou entidades para a proliferação de armamentos nucleares ou atividades ilícitas. Transações financeiras que a Coréia do Norte poderia usar para financiar esses programas também serão banidas;- Congelar todos os ativos que possam estar ligados aos programas de armas e mísseis, assim como a qualquer outra atividade ilícita;- A inspeção de todas as cargas que entram e saem da Coréia do Norte para limitar a proliferação; - O banimento do comércio de bens de luxo e militares com a Coréia do Norte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.