EUA: Aprovação de Obama recua em nova pesquisa

A aprovação do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, recuou entre os eleitores, revelou uma nova pesquisa elaborada pela Universidade de Quinnipiac. A maioria dos eleitores afirmou que o presidente norte-americano não é confiável.

Agência Estado

13 de novembro de 2013 | 00h57

De acordo com o levantamento, divulgado nesta terça-feira, 12, 54% dos eleitores desaprovam o trabalho realizado por Obama na presidência, enquanto 39% aprovam o presidente dos EUA. A pesquisa realizada em 1º de outubro apontava que Obama tinha 49% de desaprovação e 45% de aprovação como presidente. Em outubro de 2011, 41% aprovavam o trabalho do presidente norte-americano e 55% desaprovavam.

Na nova pesquisa, o índice de reprovação superou o de aprovação em todas as idades e faixas de renda. Entre as mulheres e os hispânicos, grupos que são predominante democratas, a reprovação de Obama também prevaleceu. O presidente dos Estados Unidos sustentou números de aprovação entre os eleitores afro-americanos.

Os problemas relacionados ao programa de saúde foram apontados pelo levantamento como um dos fatores para a queda da aprovação de Obama. Entre os eleitores, 55% são contrários à lei de saúde, enquanto 39% são favoráveis. A pesquisa foi realizada entre os dias 6 e 11 novembro e entrevistou 2.545 eleitores registrados. O levantamento tem uma margem de erro de 1,9 ponto porcentual. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAObamapesquisa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.