EUA aprovam primeira droga que ajuda a prevenir o HIV

Os Estados Unidos aprovaram a primeira droga que mostrou capacidade de reduzir o riscos de infecção pelo HIV, um marco nos 30 anos de batalhas contra o vírus que causa a aids.

AE, Agência Estado

16 de julho de 2012 | 16h21

A Administração de Drogas e Alimentos dos EUA (FDA, pela sigla em inglês) aprovou o remédio Truvada, da farmacêutica Gilead Sciences, como uma medida preventiva para pessoas que têm alto risco de contrair o HIV, como os que fazem sexo com parceiros infectados.

A Gilead Sciences Inc. vem comercializando o Truvada desde 2004 para tratamento de pessoas infectadas pelo vírus. Mas estudos da empresa mostraram que a droga pode impedir as pessoas de contrair o HIV quando usada como prevenção. Um estudo de três anos descobriu que doses diárias do medicamento podem cortar o risco de infecção em 42% em homens gays ou bissexuais, quando acompanhado do uso de camisinha e acompanhamento profissional. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
EUAaidsHIVTruvada

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.