EUA atacam campos de treino da Al-Qaeda

No primeiro bombardeio ao Afeganistão em uma semana, os EUA atacaram, nesta quinta-feira, supostos campos de treinamento da organização terrorista Al-Qaeda, comandada pelo milionário saudita Osama bin Laden, no leste do país. Bombardeiros B-1, caças F/A-18 e helicópteros de combate AC-130 participaram da ofensiva contra o acampamento, localizado nas proximidades do complexo de cavernas de Tora Bora e um dos campos de treinamento que tinham sido atacados por mísseis dos EUA em 1998. "Detectamos atividades que justificavam um ataque", declarou, nesta quinta, em Washington, o chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas americanas, general Richard Myers. Na véspera, o Pentágono havia expressado o temor de que combatentes da Al-Qaeda que conseguiram escapar de Tora Bora estivessem se reagrupando em pequenos núcleos nas áreas montanhosas da região. "O campo atacado tinha instalações para treinamento militar e algumas cavernas e se localiza a poucos quilômetros da fronteira com o Paquistão", acrescentou Myers. Leia o especial

Agencia Estado,

03 Janeiro 2002 | 19h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.