EUA atacam casa em Faluja e matam pelo menos 10

As forças norte-americanas lançaram duas toneladas de bombas sobre um suposto esconderijo de militantes em Faluja, deixando pelo menos 10 mortos. No local onde estava construída a casa restou uma cratera de nove metros de profundidade cheia de escombros. Foi o quinto ataque por via aérea na região nas últimas duas semanas.Na área estão vários refugiados do dirigente terrorista Abu Musab Zarqawi. O primeiro-ministro iraquiano Ayad Allawi divulgou uma nota sem precedentes em que indica que seu governo transmitiu informações de espionagem para que os EUA realizassem o ataque. O ataque aéreo ocorreu horas depois do anúncio de novas regras de segurança. O governo interino está tentando encontrar a melhor forma de lidar com os rebeldes.

Agencia Estado,

06 de julho de 2004 | 03h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.