EUA atacam postos rebeldes em Bagdá

Aviões e tanques norte-americanos atacaram postos rebeldes na periferia de Bagdá, numa quarta-feira marcada por fortes combates logo em suas primeiras horas. Os conflitos começaram quando soldados dos Estados Unidos e Iraque faziam buscas de armas no bairro xiita de Cidade Sadr. Segundo testemunhas, um avião C130 bombardeou a área assim que militantes leais ao líder religioso Muqtada al-Sadr lançaram granadas e morteiros contra os oficiais. Dez pessoas morreram e outras 92 ficaram feridas.Helicópteros Apache também participaram dos ataques. Um deles chegou a ser atingido pelos disparos dos rebeldes, mas conseguiu voltar para a base. Um tanque foi completamente destruído por bombas caseiras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.