EUA cancelam encontro com países do Golfo Pérsico

A Casa Branca cancelou os planos de um encontro entre o presidente Barack Obama e monarcas do Golfo Pérsico em Riyadh, na Arábia Saudita, por causa de desentendimentos entre os aliados norte-americanos na região, segundo diplomatas informados sobre a decisão.

AE, Agência Estado

21 de março de 2014 | 00h05

Os funcionários ressaltaram que o cancelamento do encontro com os líderes do Conselho de Cooperação do Golfo, que inclui Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Qatar, Bahrein, Omã e Kuwait, evidencia a dificuldade de Washington para conter os desafios políticos no Oriente Médio. Mesmo assim, Obama se encontrará com o Rei Abdullah, da Arábia Saudita, na próxima semana.

Nos últimos anos os EUA intensificaram os trabalhos para unificar o Conselho de Cooperação do Golfo em torno de questões de economia e segurança, em particular em estratégias para encerrar a guerra civil na Síria e para conter o programa nuclear do Irã.

Mas, nesse mês, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e Bahrein retiraram seus embaixadores do Qatar em protesto contra o apoio do país à Irmandade Muçulmana, uma organização islamita ativa na Síria, Líbia e Egito.

Após a recomendação de muitos desses países, os EUA concluíram que as tensões estão muito elevadas para conduzir um encontro com sucesso, disseram os funcionários. A Casa Branca não quis comentar o assunto. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Euagolfo pérsico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.