EUA cancelaram visto de Lucía Pinochet

O representante do FBI (a polícia federal americana) no Chile, Paul Cha, informou oficialmente a Juan Carlos Cerda, juiz responsável pela investigação das contas secretas de Augusto Pinochet, que os Estados Unidos cancelaram o visto de Lucía Pinochet Hiriart, filha do ex-governante, e proibiram sua entrada no país.A filha mais velha de Pinochet foi retida na quarta-feira em Washington, para onde viajou de Buenos Aires com o objetivo de escapar do processo aberto por suposta evasão fiscal.O ministro do Interior chileno, Francisco Vidal, afirmou que a filha mais velha de Pinochet pediu asilo político aos EUA. Lucía Pinochet está sendo processada junto com seus irmãos Verónica, Jacqueline e Marco Antonio, e sua mãe Lucía Hiriart, pelo não pagamento de impostos em valores de mais de US$ 6 milhões.A filha de Pinochet deixou o país um dia antes de receber notificação do processo que o juiz Cerda teria ditado contra ela por sonegação de tributos e também por falsificação de passaportes.Ela é a única da família que não acatou a notificação de seu processo. Lucía Pinochet é acusada de causar um prejuízo ao Fisco de 453 milhões de pesos (US$ 862 mil) e de usar passaportes falsos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.