EUA capturam família de suposto líder da resistência

Soldados dos EUA atuando em Samarra, 100 km ao norte de Bagdá, capturaram a mulher e a filha de Izzat Ibrahim al-Douri, alto assessor de Saddam Hussein e suspeito de ter planejado ataques contra as forças de ocupação no Iraque.Durante o governo de Saddam, Al-Douri era vice-presidente do Conselho de Comando Revolucionário. Antes do início da guerra, ele foi nomeado líder da defesa do norte do Iraque.Autoridades americanas dizem que Al-Douri planejou alguns dos atentados contra tropas americanas, e semana passada foi oferecida uma recompensa de US$ 10 milhões por informações que levem à sua captura.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.