EUA chegam a acordo sobre ouro saqueado na 2ª Guerra

O governo dos Estados Unidos chegou a um acordo com sobreviventes do Holocausto, quanto a alegações de que oficiais do exército americano saquearam um trem cheio de tesouros de família que haviam sido roubado pelos nazistas. As famílias e o Departamento de Justiça concordaram com uma indenização em dinheiro, mas os termos exatos do acordo não foram revelados. Os queixosos pediam até US$ 100.000 para cada um de 30.000 judeus húngaros e descendentes. Em 1945, nos últimos dias da 2ª Guerra Mundial, os nazistas despacharam 24 vagões de trem para Alemanha, cheios de ouro, prata, pinturas, tapetes orientais, peles e outros bens domésticos apreendidos de judeus húngaros. Nazistas, húngaros e austríacos roubaram itens do "Trem de Ouro" pelo caminho, até que a composição foi detida por forças americanas. Os oficiais dos EUA se serviram à vontade de porcelana, prataria e obras de arte, de acordo com uma comissão nomeada nos anos 90 pelo então presidente Bill Clinton.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.