EUA: Comissão do Senado autoriza uso da força na Síria

Uma comissão do Senado dos Estados Unidos aprovou na tarde desta quarta-feira o uso da força contra a Síria. Com dez votos a favor e sete contra, a Comissão de Relações Exteriores do Senado norte-americano aprovou uma resolução mais abrangente do que a buscada pelo governo.

Agência Estado

04 de setembro de 2013 | 16h48

Enquanto o presidente Barack Obama propõe uma ação "limitada", para "punir" o governo sírio pelo uso da armas químicas atribuído por Washington a Damasco, a resolução aprovada no Senado autoriza o exército norte-americano a "alterar a correlação de forças no campo de batalha".

O texto, entretanto, determina um limite de 90 dias para a duração da ação militar e não prevê o envio de tropas terrestres para missões de combate.

A resolução ainda precisa ser aprovada em sessão plenária pelo Senado, o que deve acontecer somente na próxima semana. A Câmara dos Representantes deverá votar sua própria resolução sobre o tema. Fontes: Dow Jones Newswires, Associated Press e Market News International.

Mais conteúdo sobre:
EUASíriaSenadocomissão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.