EUA concluem com sucesso teste para interceptar mísseis

O diretor da Agência de Defesa contra Mísseis do Pentágono, o general Henry Obering, anunciou nesta sexta, 6, a conclusão bem-sucedida de um teste para interceptar mísseis com seu sistema de defesa antiaérea de grande altura, realizada no Havaí.Com o chamado sistema de defesa aérea em teatro de grande altitude (Thaad, sigla em inglês) foi possível interceptar um míssil balístico Scud lançado de uma plataforma móvel no Oceano Pacífico, segundo comunicado divulgado pela Agência de Defesa contra Mísseis.A nota informa que o foguete interceptor do Thaad foi lançado aproximadamente três minutos depois do lançamento do Scud e, apenas dois minutos mais tarde, aconteceu o impacto.Nas próximas semanas serão analisados com detalhe os resultados da operação, mas "os primeiros indícios apontam que os objetivos do teste foram alcançados".Sistema ThaadO teste de hoje foi o terceiro de interceptação de mísseis do sistema Thaad que termina com sucesso, após as provas de julho de 2006 e de janeiro.O Thaad consta de unidades de comando, controle, comunicações e inteligência cibernética, assim como de radares, lança-foguetes e mísseis.Esse programa, desenvolvido pela empresa Lockheed Martin, foi concebido com a idéia de que seus radares identifiquem os mísseis balísticos inimigos e de que seus mísseis, que não carregam explosivos, interceptem e destruam esses armamentos graças ao impacto direto.Sua finalidade é proteger as bases militares e as tropas americanas de eventuais ataques com mísseis balísticos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.