EUA condenam atentado na posse de Uribe

Os Estados Unidos condenaram os ataques explosivos ocorridos ontem, durante a cerimônia de posse do novo presidente da Colômbia, Álvaro Uribe. Segundo o governo americano, a ação foi uma tentativa evidente de semear a morte, a destruição e o temor. O porta-voz do Departamento de Estado, Phillip Reeker, afirmou que o ataque tinha a marca das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) - guerrilha esquerdista no país. "Este grupo terrorista tem pouca consideração pelas vidas e o bem-estar dos colombianos", afirmou Reeker. O atentado, ocorrido perto do edifício do Congresso, onde foi realizada a cerimônia de posse do novo presidente, deixou pelo menos 14 mortos e 60 feridos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.