EUA conduziram 22 ataques aéreos no Iraque

O Exército norte-americano intensificou seu foco no Iraque na última semana, conduzindo 22 ataques aéreos na sexta-feira e no sábado contra o grupo extremista Estado Islâmico. Os Estados Unidos também realizaram uma ofensiva nas proximidades da cidade fronteiriça síria de Kobani.

Estadão Conteúdo

25 de outubro de 2014 | 16h53

Na última semana, os EUA diminuíram os intervalos entre os ataques aéreos no país. Oficiais apontaram para as condições meteorológicas ruins no Iraque e a importância crescente de Kobani como explicações para o motivo de terem concentrado suas ofensivas no município sírio.

Metade dos ataques realizados na sexta-feira e no sábado foram conduzidos nas proximidades da represa de Mosul, no Iraque, onde, segundo autoridades, as forças do Estado Islâmico deram início a uma nova tentativa de avanço. Os EUA realizaram 11 ofensivas na região, atacando unidades do grupo e destruindo um edifício.

Autoridades do Comando Central norte-americano afirmaram que as forças de segurança iraquianas não estão prontas ainda para montarem uma contraofensiva a combatentes do Estado Islâmico, mas que eles conduziram ataques estratégicos e desenvolveram um plano para retomar o Iraque. As forças de segurança do país estão em confronto contra extremistas nas cidades de Tikrit e Beiji, região onde fica localizada a maior refinaria de óleo iraquiana. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
IraqueEstado Islâmicoataques

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.